Faça Login ou Cadastre-se

41 3272.0257 / 41 3296.8330

Siga-nos

Meu Carrinho 0 Item(s)
  • Fale com nosso
    Atendimento

  • Dúvidas?
    Consulte nosso FAQ

  • Chat online
    Fale Conosco

  • Sua compra protegida
    Pague com pagseguro

  • Notícias - Calçados de segurança e ocupacionais para público feminino

    Quinta-feira, 27 de Outubro de 2016 às 12:30:00

     

     

     

    Durante anos o mercado de calçados de segurança no Brasil teve um debito grande com o publico feminino, aonde as mulheres sempre utilizaram calçados dimensionados e projetados para o publico masculino. Devido ao alto custo de desenvolvimento e a questão das formas de calce serem completamente distintas, por uma questão de alta produtividade, as empresas utilizavam e muitas ainda utilizam, de uma mesma forma “Unissex” para produzir calçados das numerações 33 ao 47 com um único projeto de engenharia. O fato é que as dimensões do pé feminino são distintas e a estrutura de calce muda significativamente em relação ao pé maculino. Assim como uma luva, um calçado deve ser projetado de acordo com as características físicas do usuário(a) para proporcionar alto desempenho e precisão.

     

    A indústria dos calçados esportivos há anos já delimitou as diferenças entre o pé masculino e o pé feminino e isto faz toda a diferença no desempenho esportivo e por uma analogia pura, fará toda a diferença no ambiente de trabalho. Seguem abaixo as principais diferenças entre os dois tipos de pés:

     

     1) O pé masculino é proporcionalmente mais longo e largo que o pé feminino;

     

    2) A canela das mulheres é mais longa e larga que a masculina;

     

    3) Os tornozelos femininos são mais largos que os dos homens;

     

    4) O arco da sola dos pés femininos é mais cavado do que a sola do pé masculino;

     

    5) Nos homens a distância do tornozelo ao chão é menor;

     

    6) No pé masculino os dedos são proporcionalmente mais altos;

     

    7) Nas mulheres, a circunferência na parte media dos pés (Dorso) é menor do que a dos homens;

     

    8) Pelas formações diferentes dos pés masculinos e femininos, é possível a criação de projetos de calçados mais leves para o público feminino, dimensionados com maior desempenho técnico, por considerar o desenho e o peso relativo compatível às mulheres.

     

     

    Este ano na feira FISP (Feira Internacional de Segurança e Proteção) a empresa VIPOSA lançou a única linha de calçados de segurança (ABNT NBR ISO 20.345:15) e calçados ocupacionais (ABNT NBR ISO 20.347:15) com formas de calce dimensionadas para o pé feminino e com projeto de tecnologia alemã de injeção bidensidade do solado (injeção direta no cabedal), isto proporciona mais ergonomia, padronização e melhor acabamento ao calçado. Com base em estudos biomecânicos a empresa desenvolveu uma forma de calce com a base das dimensões do pé feminino, com o objetivo de suprir esta necessidade e proporcionar o desempenho necessário no ambiente de trabalho.

     

    A linha feminina ganhou no desenho do solado o símbolo de vênus (), que é uma representação simbólica de um espelho na mão da deusa Vênus ou um símbolo abstrato para esta deusa: um círculo com uma pequena cruz equilateral embaixo. O símbolo de Vénus representa a feminidade! A linha ganhou também a logo da marca dourada e uma forração animal print, sempre priorizando o DNA da segurança e sem perder as diretrizes do ambiente de trabalho, mas prestigiando o público feminino!

     

    Oferecida apenas nas numerações femininas de calce, a linha feminina de calçados profissionais é projeto exclusivo que vai melhorar o ambiente de trabalho das brasileiras. Ter saúde nos pés é ter estabilidade emocional para tomar melhores decisões, é estar mais concentrada no ambiente de trabalho e uma pessoa que esta se sentindo bem e confortável também produz mais!


    Institucional

    Suporte

    Ajuda

    Siga-nos

    Newsletter

    Cadastre-se e receba
    novidades pelo e-mail

    Contato

    41 3272.0257 / 41 3296.8330

    contato@amasterepi.com.br

    Pagamento